Pai solteiro com doença terminal, perde a voz e tem seu sonho de gravar sua música realizado por sua professora de canto

Pai solteiro com doença terminal, perde a voz e tem seu sonho de gravar sua música realizado por sua professora de canto

O canto sempre teve uma aura de libertação e cura para a alma humana. No caso de Bernie Dalton, sua história com o canto ultrapassou em muito os casos que costumamos ouvir sobre superação pessoal. Como ele conseguiu, mesmo após sua sentença de morte decretada por um diagnóstico fatal, deixar um presente musical para sua filha Nicole, é o que você ler agora.

Bernie era um surfista que vivia em Santa Cruz na Califórnia. Músico nas horas vagas, tinha passado por um divórcio difícil e desde então, sustentava a filha adolescente Nicole, limpando piscinas. Escrevia músicas e tinha o sonho de aprender a cantar Blues.

Uma das suas inspirações era o cantor de Blues, Freddie King.

A distância entre a cidade de Santa Cruz e São Francisco na Califórnia é de 95 km, aproximadamente 3 horas ida e volta. Bernie fazia esse percurso uma vez na semana para ter aulas de canto com a cantora e compositora Essence Goldman de São Francisco.

Quando Essence se viu divorciada e com dois filhos para criar, colocou um anúncio de aulas de canto no Craiglist, um site de serviços com anúncios gratuitos. Parece que vida às vezes, une pessoas com tragédias pessoais muito semelhantes.

Uma das primeiras pessoas a responder o anúncio, foi Bernie Dalton, na época com 46 anos de idade.  Essence conta que o jeans de Bernie sempre estava manchado de alvejante, usado para limpar piscinas.

Dois meses depois de começarem as aulas de canto, a voz de Bernie desapareceu. Eles pensaram que fosse uma laringite ou falta de sono. Essence recomendou que ele descansasse, bebesse mais água e voltasse na semana seguinte. Mas voz de Bernie nunca mais voltou. Mesmo assim, Bernie continuou com as aulas com ela, agora focado na composição das suas músicas.

Ele enviava as letras pelo correio escritas em folhas de papel, já que não gostava de usar e-mail.

Ao mesmo tempo, Essence começou a dar aulas para Nicole, a filha de Bernie. A professora Essence conta que ficou impressionada com a dedicação de Bernie com as aulas de composição e principalmente sua dedicação com a filha, na época com 14 anos.

Nicole e Bernie

Após uma série de exames médicos e já com dificuldades para engolir, ele foi diagnosticado com Esclerose lateral amiotrófica(ELA), a mesma doença que acometeu o cientista Stephen Hawking.

Ao contrário do que aconteceu com Stephen Hawking, a esclerose lateral amiotrófica costuma surgir dos 50 anos de idade em diante e não mais do que 10% dos pacientes vivem mais de dez anos.

Bernie estava com a forma mais agressiva da doença, quando ocorre a paralisia bulbar progressiva (ataca a língua e a glote). Ele já não podia mais mastigar e nem falar, passou também a perder peso rapidamente.

Não há forma conhecida de se prevenir contra essa doença.

Quando foi diagnosticado com a doença, os médicos lhe deram de 1 a 3 anos de vida. Bernie tinha 47 anos e uma preocupação: como contar à sua filha sobre sua doença terminal.

Quando Essence perguntou o que ele gostaria de fazer no tempo que lhe restava naquela clínica, ele disse que queria gravar um CD com suas músicas autorais.

Era óbvio que seria impossível, porque ele já estava sem voz havia um tempo e também não poderia tocar o violão. Ele pediu à Essence sua professora de canto: “Quero que você seja a minha voz!” Ele se comunicava com ela escrevendo em um bloco de anotações.

Essence disse que não sabia se conseguiria, mas ele insistiu. Ela aceitou!

Nove meses depois de receber o diagnóstico de doença, a banda ‘Bernie and the Belivers’ e terminou a gravaçãodo álbum Unusual Boy. Confira abaixo o resultado final do videoclipe:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=8Gv6FHEmbhY[/embedyt]

 

Bernie Dalton morreu no dia 2 de Maio de 2019. Deixou eternizado no seu disco mensagens de amor, coragem e determinação.

 

Bernie e Nicole

O filósofo Santo Agostinho disse uma vez que, ‘Cantar é próprio de quem ama.’ Bernie Dalton com a ajuda de Essence Goldman, demonstrou a imensa vontade de cantar e eternizar o seu amor mesmo através de outra voz.

Sua preocupação foi deixar ainda em vida, uma mensagem de amor e cuidado para sua filha e seus futuros netos.

Unusual Boy não é apenas mais uma música, mas é também uma emocionante história de amor de entre um pai e uma filha!

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta