Em qual tonalidade devo cantar?

Em qual tonalidade devo cantar?

Essa é uma pergunta constante dos meus alunos. Alguns alunos e até músicos costumam dizer: Eu canto bem na tonalidade de Sol ou Mi, por exemplo. Tá certo dizer isso? Depende. Tudo vai depender da melodia. A melodia está numa região ruim pra sua voz? Então a história do Sol ou Mi não é 100% correta. Depende também da condição técnica da sua voz, depende se o tom original da música é muito grave ou agudo pra você, ou seja, pode ser que você precise de um professor de canto pra te ajudar nisso. Parte do meu trabalho é adequar o repertório dos cantores às tonalidades corretas. Mas dá pra fazer isso sozinho? Hoje você tem softwares e aplicativos que baixam ou sobem as tonalidades. Lógico que a voz original do cantor fica engraçada, mas dá pra você ter uma referência de onde cantar. Qual deve ser o parâmetro? Se você não faz aula de técnica vocal e se vira sozinho, use o conforto vocal como o seu referencial, faça uma adequação da tonalidade. Tá muito grave? Suba 1 ou 2 tons e se estiver muito agudo, abaixe um pouco a tonalidade. Melhor seria se você tivesse alguém pra te ajudar. Mas se você não toca nenhum instrumento, o celular e computador podem te ajudar. Não sofra e nem estrague a sua voz. Procure ajuda profissional ou comece a usar a tecnologia para pelo menos cantar mais confortavelmente. Fica de olho aqui, porque eu vou dar dicas de Apps e softwares pra mexer na tonalidade.

Compartilhe com seus amigosShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta